Ensino
Postado em: 23/04/2021
perguntas sobre o novo ensino medio

10 perguntas sobre o Novo Ensino Médio no Sistema Positivo de Ensino

Nossos especialistas respondem a tudo o que você precisa saber sobre o Novo Ensino Médio

O prazo limite para a implementação está chegando e ainda existem muitas perguntas sobre o Novo Ensino Médio. Nós do Sistema Positivo de Ensino estamos ao lado de nossas escolas parceiras, trabalhando para que a transição seja a melhor e mais tranquila possível. Por isso, reunimos hoje, neste post, as principais perguntas que recebemos sobre o assunto. As questões foram respondidas por nossos especialistas da área. Confira e, se ainda tiver dúvidas sobre o Novo Ensino Médio, escreva para nós em nossas redes sociais.

Antes de ler, observe este pequeno glossário:

  • FGB – Formação Geral Básica
  • IF – Itinerários Formativos
  • IFI – Itinerário Formativo Integrado
  • IFA – Itinerário Formativo de Área
  • MAT – Matemática e suas Tecnologias
  • CHS – Ciências Humanas e Sociais Aplicadas
  • LGG – Linguagens e suas Tecnologias
  • CNT – Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Perguntas sobre o Novo Ensino Médio

1)  Quando entra em vigor o Novo Ensino Médio? As escolas precisam se adequar até 2022 ou 2023?

São dois movimentos principais: a implementação da BNCC e o aumento da carga horária do Novo Ensino Médio. O processo de implementação da BNCC deve iniciar em 2021 e o aumento da carga horária em 2022. Sendo assim, o Novo Ensino Médio deve estar totalmente implementado até 2024. Tendo em vista que a publicação da BNCC do Ensino Médio ocorreu em 2018, o segundo ano letivo subsequente corresponde ao ano de 2021.

Trecho da lei sobre a BNCC:

Art. 12. Os sistemas de ensino deverão estabelecer cronograma de implementação das alterações na Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, conforme os arts. 2º, 3º e 4º desta Lei, no primeiro ano letivo subsequente à data de publicação da Base Nacional Comum Curricular, e iniciar o processo de implementação, conforme o referido cronograma, a partir do segundo ano letivo subsequente à data de homologação da Base Nacional Comum Curricular.

Trecho da lei sobre a ampliação da carga horária:

1º A carga horária mínima anual de que trata o inciso I do caput deverá ser ampliada de forma progressiva, no ensino médio, para mil e quatrocentas horas, devendo os sistemas de ensino oferecer, no prazo máximo de cinco anos, pelo menos mil horas anuais de carga horária, a partir de 2 de março de 2017.

2)  O Sistema Positivo de Ensino tem algo para atender as escolas que trabalharão com o modelo 20% EAD?

Estamos analisando algumas parcerias e teremos um piloto ainda em 2021.

3)  Como são entregues os materiais do professor e do aluno no Novo Ensino Médio?

Depende do material.

Aluno:

FGB será entregue ao aluno em livro integrado, organizado em dois volumes: Linguagens e Ciências Humanas e Sociais / Matemática e Ciências da Natureza.

O Guia de Estudos (Livro de atividades) é entregue em volume único, com todas as áreas.

O IFA será entregue em dois volumes também (LGG e CHS / MAT e CNT).

Os IFIs de Projeto de vida e Oficina de textos são entregues em módulos avulsos. Demais IFIs serão no formato digital.

Professor:

A FGB será entregue por componente curricular com o Guia de Estudos (Livro de atividades) na mesma encadernação.

O IFA será entregue por componente curricular.

Os IFIs de Projeto de vida e Oficina de textos são entregues em módulos avulsos. Demais IFIs serão no formato digital.

4)  O material de Sociologia é ofertado a partir da 2º série? Ele é opcional ou faz parte da grade curricular do Novo Ensino Médio? Tem valor adicional?

Sociologia está nos volumes 1 a 4 da FGB (1ª série), porém não está nos volumes 5 a 8 (por falta de carga horária). Caso a escola queira manter os estudos de Sociologia nas 2ª e 3ª séries, teremos a opção nos Itinerários Formativos, em dois volumes anuais, com valor adicional.

5)  Filosofia faz parte do composto? Como acontece a entrega desse material? Tem custo adicional?

Faz parte do composto. É entregue junto com a FGB e sem valor adicional.

6)  O material de Espanhol tem custo adicional?

Tem. São seis volumes que contam a carga horária como Itinerário Formativo de Linguagem, podendo ser usado em uma ou duas aulas semanais. A oferta da Língua Espanhola é importante para o repertório cultural, a ampliação linguística e o desenvolvimento identitário.

7)  Sociologia e Filosofia entram como IFI?

Não. Sociologia pode entrar como IFA nas 2ª e 3ª séries e Filosofia faz parte da FGB.

8)  Sobre o material do Prepara Positivo, o recebimento do material para aluno e professor é anual ou mensal?

O Prepara terá 1 volume de nivelamento (com Matemática, Língua Portuguesa, Física e Química) + 8 volumes entregues agrupados em componentes (MAT + CNT e LGG + CHS). Cada volume deve ser usado em quatro semanas. Sobre a entrega ao professor, será também em oito volumes, porém ainda estamos analisando se será espelho do material do aluno (o mesmo material) ou por componente curricular. O manual e o gabarito comentado e resolvido serão disponibilizados on-line.

A entrega será feita em três etapas, adiantando as entregas para as escolas que querem finalizar antes do Enem.

9)  Os IFIs Núcleo de Estudos, Cultura Digital e Empreendedorismo são apenas digitais?

Sim. Estamos tentando ofertar Cultura Digital em EaD (a confirmar). Empreendedorismo somente em 2023.

10)  Teremos os livros do Novo Ensino Médio digitalizados e digitais?

Sim. No novo On, ao clicar em Livro Digital, aparecem duas versões: livro digital e livro PDF. O livro digital tem formato web e o livro PDF é igual ao impresso.

Ainda tem dúvidas? Então, confira as respostas para as perguntas sobre o Novo Ensino Médio deixadas na última live que fizemos sobre o assunto. O seu questionamento pode estar listado aqui!

1. As turmas que implantaram em 2021 farão o Enem seriado junto com as turmas que iniciarão em 2022? Digo, as turmas que estão cursando a 1ª série em 2021, no novo formato do Ensino Médio, e que estarão na 2ª série em 2022.

O Novo Enem seriado está previsto para a partir de 2024, quando o novo modelo já estará totalmente implantado no Ensino Médio. Até lá, permanece a estrutura atual do Enem. É possível que o Enem seriado seja implantado em 2022, mas será somente para a 1ª série se isso acontecer.

2. O problema é que, com essa nova carga horária para as disciplinas da BNCC, temos que enxugar a matriz curricular. Mas como? Não sabemos o que pode ser cobrado dos alunos nos vestibulares. ​Os professores nem sempre têm essa disponibilidade. Montar esse horário é mais complicado.

A matriz não será enxugada. O que acontece é que na FGB serão considerados conteúdos comuns, relacionados à BNCC (igual para todos, com foco na formação integral). Nesse sentido, haverá uma seleção entre os conteúdos da estrutura atual, considerando aqueles que são pertinentes à formação, independentemente da área de escolha de carreira dos alunos. Os conteúdos excedentes poderão ser contemplados em trilhas, se assim for a estratégia da escola, sendo trabalhados de forma mais aplicada e alinhada às escolhas de carreira. Na coleção do Sistema Positivo de Ensino, optamos por manter na FGB todos os temas indicados na BNCC, além da atual matriz do Enem.

3. Qual é a orientação a ser dada aos alunos da 3ª série de 2021 sobre o Enem?

Para os alunos da 3ª série em 2021, tanto a estrutura curricular quanto o Enem serão os mesmos.

4. Em algum momento, ventilou-se que a 2ª etapa do Enem iria avaliar os eixos estruturantes dos itinerários. Isso mudou?

Os eixos estruturantes devem ser considerados de forma transversal, contemplando todas as áreas, e espera-se que isso seja previsto no novo desenho da avaliação do Enem, 2ª etapa. A nova matriz deverá considerar tanto o aprofundamento dos conteúdos nas áreas quanto essa transversalidade de competências. Esse é o grande desafio nesta nova estrutura.

5.  Todas as universidades deverão considerar as mesmas áreas ou disciplinas na etapa 2 para os cursos?

A norma do Conselho Nacional de Educação diz que esse novo formato de acesso às universidades que considera o Enem em duas etapas deverá ser para todos.

6.  ​Como avaliar os IF com tantos desenhos curriculares que serão feitos e com as particularidades regionais?

A nova matriz de avaliação dos Itinerários Formativos deverá trazer indicativos que considerem as competências necessárias às áreas escolhidas pelo aluno para o ingresso à universidade. É um caminho que ainda está em construção e que deve se aprimorar à medida que o novo formato for sendo implementado nas diferentes regiões.

7.   A nova edição do Positivo que começou a ser entregue para os primeiros anos já está formatada com a carga horária do Novo Ensino Médio? Parece estar mais inclinado para a BNCC.

Sim, a nova edição do material já considera o Ensino Médio de 3.000 horas, sendo elas compostas de módulos de Formação Geral Básica e de Itinerários Formativos. De fato, em 2021, estamos com uma carga horária para a FGB, mas, ao final do Ensino Médio, cumpriremos todas as exigências de carga horária para a Formação Geral Básica e para os Itinerários Formativos.

8.  ​Diante de tais mudanças, como fica a redação: texto dissertativo-argumentativo?

Poderemos ter mudanças, que devem ser divulgadas com a nova matriz Enem.

9.  Com relação aos itinerários, seria mais um diálogo com o nível superior, mas com aprofundamento da matéria, ou entendimento sobre a parte do profissional na sociedade?

Sim, a ideia dos itinerários é dialogar com a escolha de vida profissional do jovem estudante e trazer conteúdos que façam sentido de acordo com essa escolha. Ele poderá tanto aprofundar temas de determinada área de conhecimento quanto desenvolvê-los de forma aplicada.

10. Quantos Itinerários Formativos a escola privada tem a obrigação de oferecer?

No mínimo 1.200 horas de itinerários, sendo alguns deles obrigatórios em todos os anos. A distribuição dos demais ao longo do Ensino Médio também deve considerar as normativas dos Conselhos Estaduais de cada região. Cada escola deve ofertar, no mínimo, um itinerário.

11. E o Enem, como fica? Nesse novo formato, o ideal seria o vestibular tradicional.

Sabemos que o Enem acontecerá em duas etapas. Uma considerando a Formação Geral Básica e a outra considerando os Itinerários Formativos. Mais detalhes serão tratados nas novas matrizes, mas haverá alteração na estrutura atual a partir de 2024.

Saiba mais sobre o Novo Ensino Médio

O Novo Ensino Médio é a maior mudança na educação brasileira nos últimos 20 anos. Como não poderia deixar de ser, já produzimos muito conteúdo sobre o assunto. Se você ainda não viu, vale a pena conferir!

●     Como vai funcionar o Novo Ensino Médio

●     Novo Ensino Médio: saiba como montar os Itinerários Formativos de sua escola

●     Projeto de vida na escola: o que é e como implementar?

Ainda não é conveniado e quer levar o Ensino Médio do Sistema Positivo de Ensino para sua escola? Fale com um consultor.

Para saber mais sobre o Novo Ensino Médio e outros temas do universo educacional, continue acompanhando o Sistema Positivo de Ensino aqui no blog e nas nossas páginas no Instagram, Facebook e no YouTube.

⟵ Voltar