Dicas
Postado em: 20/04/2021
redacao Enem 2020

O que a sua escola precisa saber para ter sucesso na redação do Enem

No Colégio Normal Francisca Mendes, 88% dos estudantes conquistaram nota acima de 900 na redação do Enem 2020!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a principal porta de entrada para o Ensino Superior no Brasil. Por isso, todos os anos, escolas e alunos buscam se preparar da melhor forma para a prova. Composto por 180 questões objetivas e uma redação, o exame atribui muito peso à produção de texto, que representa um quinto da nota total.

Neste post, vamos abordar o tema da redação do Enem 2020 nos seguintes tópicos:

  • Boas práticas na redação do Enem 2020 no Colégio Normal Francisca Mendes.
  • A preparação para a redação do Enem 2020 começou cedo.
  • Escrever mais para escrever melhor!
  • Ampliação de repertório.
  • Redação do Enem 2020: o desafio da pandemia.
  • 4 dicas para ajudar os alunos a se preparar para a redação do Enem.

Boas práticas na redação do Enem 2020

No início deste mês, os resultados do Enem 2020 foram divulgados e o Colégio Normal Francisca Mendes, escola conveniada ao Sistema Positivo, em Catolé do Rocha (PB), descobriu ter motivos de sobra para comemorar. Dos 25 alunos da 3ª série do Ensino Médio do colégio, 22 conseguiram uma nota na redação do Enem 2020 acima de 900 pontos, e 5 deles atingiram 980 pontos. O resultado está bem acima da média geral de todos os participantes que fizeram a redação do Enem 2020, que ficou em 588 pontos.

A professora de redação do colégio, Iara Muller Gomes Barreto, explica que o desempenho impressionante foi decorrente de um trabalho intenso com exercícios de escrita. “Eu afirmo com segurança que o resultado excelente que conquistamos foi fruto de um trabalho baseado na prática, na ampliação do repertório e no exemplo”, diz ela.

A preparação para a redação do Enem 2020 começou cedo.

Outro colégio parceiro do Sistema Positivo de Ensino com ótimos resultados na redação do Enem 2020 é o Centro Educacional Primavera, de Primavera do Leste (MT). Na escola, quatro alunos tiveram nota superior a 900 e dois deles atingiram 980 pontos. Uma das explicações para o sucesso é que, por lá, a preparação para a redação do Enem começa antes mesmo do Ensino Médio, mais especificamente no 8º ano do Ensino Fundamental, quando os alunos passam a estudar a estrutura de uma dissertação.

Quando chegam ao Ensino Médio, como explica a professora de Redação da escola, Geane Ravagnani, o foco passa a ser trabalhar as habilidades de argumentação e as propostas de intervenção para os temas diversos que podem ser cobrados no exame. “Foi com essa metodologia, com a confiança e dedicação dos nossos alunos, que atingimos esse resultado tão grandioso e satisfatório no Enem 2020”, comemora a professora.

Redação do Enem: escrever mais para escrever melhor!

Para desenvolver a habilidade de escrita de seus alunos, a professora Iara conta que os desafiava a fazer ao menos uma redação por semana sobre temas variados. Além disso, para ser mais assertiva no acompanhamento do desenvolvimento deles, ela fornecia feedbacks individuais aos estudantes. “A preparação com os alunos ao longo de 2020 contou com muita prática da escrita. Toda semana, apresentava uma proposta nova de tema para ser desenvolvido, durante as aulas ou em casa. E, na semana seguinte, eu dava um retorno individual para cada um deles sobre os textos produzidos”, explica.

Geane concorda com Iara sobre a importância das correções, pois, segundo ela, esses momentos servem para mostrar aos alunos o que eles estão errando, e como evitar esses erros, assim como ressaltar os pontos positivos para que continuem acertando. “Entendemos que muitas vezes os alunos cometem erros e acertos sem de fato ter consciência deles. E a correção detalhada na presença dos alunos reduz a incidência dos erros e potencializa os pontos positivos”, afirma.

Redação do Enem: ampliação de repertório.

Um dos principais pontos relacionados ao bom desempenho na redação do Enem é o repertório que os participantes têm sobre o mundo. Por isso, a professora Iara buscou ampliar o conhecimento social, histórico e cultural de seus alunos. Para tanto, ela utilizou recursos como livros, filmes e séries, além de conceitos de filósofos e sociólogos, que geram reflexões e argumentos aos estudantes na hora de escrever.

A utilização de exemplos também teve um papel muito importante na preparação dos alunos. A professora conta que toda semana apresentava um exemplo de redação nota 1000 para a turma. “O que eu faço é mostrar que há técnica para se produzir uma boa redação. E eu costumo repassar parágrafo por parágrafo do exemplo apresentado, destacando o caminho adotado ali”, destaca Iara.

Laura Terne está entre os estudantes que atingiram 980 pontos na redação do Enem 2020. Ela reforça as colocações da professora Iara e diz que praticar e ampliar seus conhecimentos sobre o mundo foi o que mais a ajudou a obter o ótimo resultado. “A professora estava sempre nos instigando a conhecer mais e refletir sobre o que nos era apresentado. Eu também me dediquei bastante a escrever. Minha meta pessoal era a de escrever pelo menos uma – em muitas semanas foram duas – redações por semana.”

Ao se deparar com o tema da redação do Enem 2020, “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”, Laura se sentiu preparada por conta da visão de sociedade que já havia adquirido durante os trabalhos com a professora de redação. “Eu procurei escrever sobre a alienação social, como os indivíduos costumam se calar diante das questões que prejudicam os grupos menos favorecidos”, ressalta.

Redação do Enem 2020: o desafio da pandemia.

Por conta da pandemia, uma das preocupações do Colégio Normal Francisca Mendes foi não permitir que a suspensão das aulas presenciais prejudicasse o desempenho dos alunos. Ana Cristina Lira de Sousa Xavier, diretora pedagógica do colégio, relata que a escola redobrou os esforços para que os estudantes concluíssem o ano letivo de 2020 realmente preparados para o Enem e  vestibulares. “A escola é conveniada ao Sistema Positivo de Ensino, que ofereceu aos nossos alunos simulados bimestrais, além de aulas e conteúdos de reforço e revisão pelo Webestudante. Isso tudo, certamente, fez a diferença e nos permite hoje comemorar os resultados obtidos”, afirma a diretora.

4 dicas para ajudar os alunos a se preparar para a redação do Enem 2021.

Disciplina e organização

Já no começo do ano letivo, seja claro quanto à necessidade de um bom planejamento de estudos. Lembre os alunos que,ado para se aprofundar na redação sem deixar de lado as outras disciplinas, é preciso saber administrar bem o tempo. Por isso, montar um bom planejamento e não deixar o conteúdo acumular é fundamental nessa jornada.

Estrutura do texto

Deixar muito claro o modelo de texto dissertativo-argumentativo (o gênero cobrado no exame) é essencial. Fique atento às aulas e materiais didáticos que trabalham esse formato e peça ajuda para os professores sempre que não tiver segurança quanto à estrutura do texto.

Rotina de escrita

Incentive a rotina de escrita, propondo redações sobre diversos assuntos para que os alunos possam escrever com mais facilidade e fluidez, independentemente do tema. Insista na máxima: treino é a base do bom resultado.

Atualidades

Lembre os estudantes que as provas do Enem são finalizadas no primeiro semestre. Sendo assim, eles podem devem priorizar temas da atualidade que tenham surgido até o mês de julho. Historicamente, o exame cobra assuntos atuais que não são datados, como a questão do estigma das doenças mentais, tema da redação do Enem 2020.

E aí, gostou das dicas? Nas redes sociais do Sistema Positivo de Ensino, divulgamos mais resultados positivos da redação do Enem 2020 de escolas conveniadas pelo Brasil, além de compartilhar outros conteúdos relacionados à Educação. Acompanhe-nos no Facebook e no Instagram.

Leia mais:

Como sua escola ou cursinho pode aprovar mais no Enem e vestibular?

Dicas para arrasar na redação do Enem, por Débora Aladim e Profª Pamba

 

⟵ Voltar